Seguradoras estão preocupadas com burlas com carros importados - Home Page Jurídica

As seguradoras em Portugal estão a recusar fazer seguros de danos próprios, conhecidos por seguros "contra todos os riscos", em carros usados e importados, para evitarem ser vítimas de fraude.

carros

As seguradoras em Portugal estão a recusar fazer seguros de danos próprios, conhecidos por seguros “contra todos os riscos”, em carros usados e importados, para evitarem ser vítimas de fraude, informa o “Jornal de Notícias”, na sua edição desta quinta-feira, 9 de agosto.

Esta medida das seguradoras visa combater uma fraude que começa com a compra de automóveis de gama média e alta no estrangeiro e termina com a simulação de furtos.

O “Jornal de Notícias” explica que, pelo meio deste processo, “os burlões inventam equipamento extra e aproveitam a diferença de valor do automóvel nos principais mercados europeus e em Portugal para ganhar dinheiro”.

O diário contactou a Câmara Nacional de Peritos e Reguladores e diversas fontes de diversas seguradoras, que confirmaram a situação relatada, apontando que estão a ser dadas indicações aos agentes de seguros para não formalizarem contratos de danos próprios em carros usados e importados.

in Jornal Económico | 09-08-2018

NEWSLETTER JURÍDICA HPJ - Receba os nossos destaques!

OUTRAS NOTÍCIAS

INFORMAÇÃO JURÍDICA ÚTIL

manuais escolares gratuitosestudante deslocado

concurso seg socialradar psp destaque

inovcontacto 2018crta conducao banner

LIVROS C/ DESCONTO %

colecaolegislacao 2018

COLLEX - Edições Grátis

porta 65